2018 Primeira Aventura em Autocaravana (resumo)

Aproveitamos uma ponte no final de maio e fomos para a nossa primeira aventura em Autocaravana alugada e com a possibilidade de no final a comprar. Consegui que me disponibilizassem a autocaravana logo de manhã (normalmente é só à tarde) e, depois de chegar a casa, começamos o primeiro contacto de como a preparar para uma aventura, que neste caso seria tudo novo e pela primeira vez.
Partindo do princípio de que a Autocaravana está pronta (combustível, água e despejos feitos) será necessário carregar a mesma com tudo para podermos viver durante os 4 dias de aventura como por exemplo:

  • Roupas de cama e Vestuário e calçado para a família
  • Comida e Farmácia
  • Material para campismo/praia

Aqui começamos a aperceber-nos que a preparação inicial de uma autocaravana com tudo o que achamos necessário para termos total conforto não é tarefa fácil. Sentimos que estávamos quase mudar de casa e o tempo foi passando… O objetivo era sair o mais rápido possível e acabamos por gastar toda a manhã na preparação!

Almoçamos ainda em casa e finalmente estávamos prontos! E agora para onde? Estávamos a começar tal como queríamos: não tínhamos nenhum plano. Apenas um objetivo que era o Alentejo Costa Vicentina… Mas depois com o atraso de uma manhã tivemos de repensar e mudar planos: O melhor é começar com calma e ficar num local conhecido e seguro: e pronto lá decidimos ir para Fátima!

Começamos logo a usufruir do autocaravanismo e a sua grande vantagem: sem planos e sempre com soluções decididas na hora.

Resumo do Itinerário

Custos

Resumo dos custos totais. O aluguer da autocaravana de 750€ está na rubrica serviços diversos.

Dicas para esta viagem

Depois desta aventura resumo aqui o que aprendi antes de decidir ser autocaravanista:

  1. Precisa de gostar de conduzir: não é um requisito, mas se quiser rentabilizar o investimento vai começar a passear muito e cada vez ir mais longe numa aventura cada vez mais longa.
  2. Conduzir uma autocaravana não é a mesma coisa que um carro ligeiro:
    1. As viagens são mais lentas
    2. As manobras aumentam de dificuldade
    3. Não dá para ir a todo o lado com este tipo de veículo
    4. Nas autoestradas com portagem, as autocaravanas ligeiras pagam classe 2 e por isso quase o dobro da portagem de um ligeiro. No entanto em algumas situações é preferível ir pela autoestrada e suportar o custo pois caso contrário iremos perder muito tempo nas alternativas
  3. Conduzir e usufruir de uma Autocaravana “capucine” para 7 pessoas deste modelo:
    1. A partir dos 80Km/h “vareja” bastante sendo necessário corrigir constantemente a trajetória
    2. Mete um pouco de impressão o “capucine”
    3. A cama de casal do “capucine” é grande, mas tem pouca altura. Não é confortável subir e descer para a cama
    4. Eramos 4 e o espaço era suficiente. Não vejo 7 pessoas a viver numa autocaravana
  4. Precisa de ter espaço para guardar a autocaravana: É um veículo grande e alto e não cabe em qualquer lugar. Se não tiver as condições mínimas de pelo menos ter um espaço para a guardar dentro de portas, vai ter problemas mais cedo ou mais tarde.
  5. Experimentar antes de comprar é fundamental: não são só vantagens neste estilo de turismo:
    1. Dá trabalho e tem custos equipar a autocaravana
      1. No início e no fim de uma viagem, dependendo da duração, dá trabalho na preparação e no final
      2. Se não for alugada esse trabalho diminui, pois, a preparação inicial minimiza as seguintes pois serve para as próximas viagens
  6. É um investimento avultado e geras despesas de manutenção anuais
    1. Não desvaloriza tanto como um carro, mas também está sujeita a esse problema
    2. Pode ser uma boa opção se a usar bastante pois o custo de aluguer é bastante alto
    3. Toda a família tem que gostar
    4. Não é a mesma coisa que ir para um hotel
    5. Existem trabalhos extra que numa viagem de carro não são aplicáveis (despejos, água, limpeza e arrumação…)
    6. As crianças adoram, embora adorariam mais se durante a viagem pudessem estar nas camas
    7. Sentimos a família mais perto e mais intensamente: estamos sempre juntos!

No entanto é de certeza uma alternativa que nós gostamos e ficamos viciados. E tem bastantes vantagens a meu ver também. Economicamente, o aluguer é sempre caro, mas a compra também o é! Só numa perspetiva de investimento a longo prazo trará retorno principalmente para 4 ou mais elementos numa família. Irá permitir viagens que se tivessem que ser pagos hotéis seriam impossíveis de realizar. Prolonga o tempo de viagem face à ausência de custos de alojamento e minimização dos da restauração.

Tendo esta aventura terminado com sucesso no teste de conceito, infelizmente não terminou com sucesso no que diz respeito à compra, mas ficou a necessidade. Logo no dia a seguir continuamos à procura de uma autocaravana, pois já tínhamos decidido o que queríamos fazer nas férias de Verão: Uma aventura pela Europa!

2 thoughts on “2018 Primeira Aventura em Autocaravana (resumo)

  1. esqueceu se dos comsumos no meu caso na autoestrado 11 a15 entre 100 a140 h na nacional 8 a 10 entre70 a 90 h no meu caso com uma ducato 2.3 de 130 cv ultima g
    eracao quanto au resto nao tem comparacao liverdade completa

    Gostar

Deixe uma Resposta para henrique da silva Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s